16 março, 2010

Sistema de Cotas Raciais I

Pensei em escrever um artigo sobre a polêmica questão do Sistema de Cotas Raciais.
Ainda não consegui.
Então, reposto um poema do blog " No Rastro da Poesia... " onde a tela de Tarsila não foi o motivo da inspiração, mas me reporta a esta e outras "ene" questões.


Operários, de Tarsila do Amaral: um retrato da miscigenação brasileira








à mercê



reverberar o breu opaco
do silêncio da voz

- à mercê de palavras

cheias de vazios em cada signo

traduzido em sons -,

é o que posso dizer da cor

das tuas e das minhas íris - que envolvem

nossas pupilas atentas à justiça que tarda

e falha desde vinte dois de abril de mil e quinhentos.







ah, nossos olhos... tão mudos e atentos...



por taninha nascimento



4 comentários:

KA disse...

Taninha,

Esse canto de dor e lamento pela justiça
é o retrato do clamor de toda uma gente.... que bela gente, o povo!

Taninha Nascimento disse...

Oi, KA!

Obrigada pela releitura do poema.

Um abraço da amiga,
Taninha

Jayme Ferreira Bueno disse...

Taninha
Do mesmo modo que saudei a volta de NORASTRODAPOESIA, comemoro o retorno de NORASTRODAEDUCACAO. Parabéns pelos 2 Blogs revigorados.
Vamos estar mais presentes nos dois.
Um grande abraço,
Jayme

Taninha Nascimento disse...

Prof. Jayme,

o sr. não tem idéia do quanto suas palavras são importantes para mim.

"Só Deus sabe" é a mais pura expressão da verdade.

Muito obrigada!

Um abraço carinhoso,
Taninha