13 agosto, 2009

apenas como sugestão...

Corporativismo - sugestão de leitura:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Corporativismo







Clientelismo - sugestão de leitura:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Clientelismo




5 comentários:

Felipe Martins disse...

...e patrimonialismo.
Tornar o que é público em privado. Senhor Sarney sabe muito bem disso.


Dê uma passadinha no meu blog (www.fmartins07.blogspot.com )

Taninha disse...

Oi, Felipe!
Vou lá!

Obrigada pela visita.

Taninha

KA disse...

Taninha

Corporativismo, clientelismo e fisiologismo, aplicado à politica nacional, é tudo a mesma coisa. Essa praga é disceminada e ataca todos setores. É importante defender os interesses de uma classe social, progredir, aperfeiçoar; mas não a ponto de prejudicar o próximo. Mas não é isso que acontece. Na política ou no dia a dia, a cultura sócio-econômica e cultura, envolve tudo e todos. E o povo....que se dane. Isso é uma questão cultural, política e moral. Tudo acaba se transformando em fisiologismo!

Taninha disse...

Ka,

a frase célebre de Fernando Collor, trouxe à política mais uma maneira de fazê-la... Ou melhor, acho que na verdade abriu a cortina desse palco.

risos... adorei a sua intervenção.

Taninha

Ah! O Blog do Felipe Martins é muito bom! Passa lá!

Taninha disse...

Ka e Felipe,

tenho observado acerca das palavras empregadas na política -qualquer política -, que uma coisa é o [re]significado , outra coisa é o [re]significante... Tudo depende do con[com]texto.